Veco Noticias Sapezal

Carlos Marun é exonerado do cargo de conselheiro de Itaipu Binacional

Ex-deputado e ex-ministro de Michel Temer havia sido nomeado em maio de 2020 por Bolsonaro. Para o lugar dele, foi nomeada conselheira Cida Borghetti, ex-governadora do Paraná. Carlos Marun

Reprodução/JN

O presidente Jair Bolsonaro exonerou Carlos Marun, ex-ministro de Michel Temer, do cargo de conselheiro de Itaipu Binacional, hidrelétrica que fica na fronteira de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, com Ciudad del Este, no Paraguai. A exoneração foi publicada na edição desta quinta-feira (6) do “Diário Oficial da União” (DOU).

Marun havia sido nomeado em maio de 2020. Para o mesmo cargo foi nomeada Maria Aparecida Borghetti, ou Cida Borghetti, ex-governadora do Paraná.

Carlos Marun

Carlos Marun foi ministro-chefe da Secretaria de Governo do ex-presidente Michel Temer. Ele foi indicado ao cargo de conselheiro em Itaipu por Temer, mas afastado em março de 2019.

À época, Marun teve a nomeação questionada por uma ação popular e pelo Ministério Público Federal junto à 6ª Vara Federal de Curitiba. Em primeira instância, o pedido foi negado. Na apelação à segunda instância, o relator do processo, desembargador federal Rogério Favreto, suspendeu o ato de nomeação em liminar. No julgamento de mérito pela 3ª Turma do TRF-4, a decisão foi revertida.

Marun foi o deputado que dançou após a Câmara dos Deputados impedir o prosseguimento de denúncias contra Temer.

Rolar para cima