Veco Noticias Sapezal

Volpi minimiza resultado contra o Racing: “Não fazer tempestade em copo d’água”

Tiago Volpi minimizou a derrota sofrida para o Racing nesta terça-feira, em pleno Morumbi, pela quinta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. Passado o revés por 1 a 0, o goleiro do São Paulo evitou o famoso “caça às bruxas” às vésperas da final do Campeonato Paulista, preocupado para não desestabilizar o ambiente do elenco.

“O fato de perder deixa a gente incomodado sempre, não importa se vamos jogar uma final, se foi a única bola que o adversário teve no jogo. Existem horas para perder, a gente ainda está em uma situação boa dentro da competição. Dependendo do que acontecer amanhã, já nos classificamos. Temos que ter cabeça no lugar e não fazer uma tempestade em copo d’água por causa da derrota”, disse Volpi.

De fato, o São Paulo ainda pode se classificar nesta rodada mesmo perdendo para o Racing. Para isso, basta que o Rentista não vença o Sporting Cristal nesta quarta-feira, em Lima, no Peru. Qualquer tropeço (derrota ou empate) acaba com as chances matemáticas de os uruguaios avançarem de fase na Libertadores.

“Partida dura, muito complicada. O Racing está em uma situação muito parecida com a nossa, jogando duas competições, usando equipe mista. O jogo não foi ruim, foi decidido em uma jogada, tivemos chances para sair com a vitória, mas não saímos. Agora é erguer a cabeça e trabalhar pelo que vem pela frente”, completou Volpi.

O São Paulo volta a treinar nesta quarta-feira já se preparando para o primeiro jogo da grande final do Campeonato Paulista. O time comandado por Hernán Crespo entra em campo na quinta, às 22h (de Brasília), no Allianz Parque, contra o Palmeiras, que também perdeu na Libertadores nesta terça, para o Defensa y Justicia, por 4 a 3.

Rolar para cima