Veco Noticias Sapezal

‘Se concedermos, não haverá Judiciário amanhã’, diz Fachin sobre ataques às eleições e à democracia

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Edson Fachin surpreendeu advogados e juristas com quem se reuniu virtualmente na segunda (24) pelo tom do alerta que fez em relação ao futuro da democracia e da integridade das eleições de 2022. Em determinado momento, o magistrado chegou a dizer que, “se concedermos” no “mínimo essencial” da democracia, “não haverá Judiciário amanhã”.

Leia mais (05/24/2021 – 23h16)

Rolar para cima